Redação Afya - jun 3, 2020

Vale a pena cursar Educação Física?

O mercado fitness é um dos que mais cresce no Brasil. Com a alta busca por melhor saúde e pelo corpo perfeito, quem fica em destaque são os profissionais formados em Educação Física.

Além da grande oferta de trabalho, o educador físico tem a possibilidade de escolher entre diversas áreas de atuação. Mas para se sair bem e oferecer um serviço de qualidade, é essencial buscar uma graduação em Educação Física.

Por isso, separamos uma lista com as principais áreas que você, estudante, pode buscar para se destacar. Confira!

Personal training

Na busca por um "corpo perfeito", uma das principais buscas do mercado fitness atualmente é pelo preparador físico particular (personal trainer). As pessoas buscam por esse profissional para atendê-las em academias, em casa, condomínios, clubes e outros espaços.

Como o próprio nome sugere, esse profissional é um treinador pessoal que desenvolve atividades personalizadas de acordo com as necessidades e habilidades dos seus clientes. Em grande parte dos casos, o personal trainer também acompanha a execução dos exercícios, dando total atenção para a pessoa que o contratou.

Educação física com foco em atletismo

Já no campo desportivo, a corrida é um dos esportes que mais tem se destacado nos últimos anos. No Brasil, a modalidade praticada na rua teve um crescimento de mais de 200% nos últimos dez anos.

Com isso, atletas profissionais e amadores começaram a se aperfeiçoar, investir em equipamento (pulseiras para medição de batimento cardíaco, tênis mais modernos, roupa adequada, entre outros) e preparo físico, principalmente com a orientação de um profissional competente.

Nessa modalidade, o educador físico cuida tanto do preparo do corpo do atleta, como da sua biomecânica e o ajuda a se desenvolver. O profissional cria planos de treinamentos para provas específicas e acompanha a evolução de seus clientes.

Exercício e controle do peso corporal

Por mais que a busca por saúde e corpos “perfeitos” estejam em alta, é necessário lembrar que o maior desafio de grande parte da população ainda é a perda de peso. Por isso, existe um amplo mercado voltado para ajudar as pessoas a alcançarem esse objetivo.

O educador físico que trabalha com exercícios e controle do peso corporal tende a fazer uma atuação multidisciplinar, sempre em parceria com algum nutricionista ou nutrólogo (que são, também, os profissionais que realizam a indicação do trabalho).

Cada especialização em Educação Física que falamos ao longo do texto tem uma faixa salarial diferente, que pode variar entre R$ 1.500 a mais de R$ 2.000. Além disso, alguns profissionais cobram pela hora de trabalho e o salário é determinado pelo número de clientes que tem.

Por isso, o mais importante é entender que existe um grande mercado do curso de  bacharelado em Educação Física que pode ser explorado por você, estudante. Basta fazer a sua escolha e se dedicar ao trabalho.

Por falar em escolha, que tal ler o texto que explicamos as diferenças entre o bacharelado e a licenciatura em Educação Física e faça sua inscrição hoje na UNIDEP (PR),  UNIPTAN (MG), UNITPAC (TO), ou Uninovafapi (PI)!

Escrito por Redação Afya