Redação Afya - fev 11, 2021

O que é ser um advogado empreendedor?

O Brasil é considerado um dos países com o maior número de advogados por pessoa. Esse total ainda poderá aumentar. Segundo a tendência apontada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), estima-se que o país poderá alcançar a quantidade de 2 milhões de profissionais da área até o ano de 2023, caso acompanhe o crescimento que houve de 2016 para 2019.

Mas, com tantos profissionais no ramo, como lidar com toda a concorrência? Uma forma interessante de fazer isso é incorporar o espírito do empreendedorismo, tornando-se um advogado empreendedor. Acompanhe a leitura e descubra agora mesmo qual o significado desse termo e como desenvolver as habilidades necessárias para tornar-se um deles.

 
Como se tornar um advogado?

Antes de pensar em aprimorar as suas capacidades empreendedoras na advocacia, é preciso entender como se tornar apto para exercê-la. Para isso, é necessário cursar a graduação em Direito. Com duração médica de cinco anos, esse curso possui habilitação em bacharelado. Para concluí-lo, é preciso apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), bem como realizar um estágio supervisionado. Por fim, para atuar na área, você precisará ser aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O que é ser um advogado empreendedor?

Um advogado empreendedor é aquele que une o mundo jurídico à criatividade, inovação e à capacidade visionária. Esse tipo de profissional busca solucionar problemas e necessidades que enxerga na sociedade, fazendo deles um impulso para o seu crescimento. Ele observa as mudanças e inovações do mercado e faz delas oportunidades.

Vale lembrar que o processo de empreender envolve uma ordem:
primeiro, é necessário desenvolver a ideia e seu planejamento para, em seguida, usar seu tempo, dinheiro e disposição para fazê-la acontecer. Inverter essa ordem pode dificultar a conquista do sucesso.

Como obter sucesso nessa ocupação?

Para ser um advogado empreendedor de sucesso, é necessário se esforçar. É preciso, desde motivação e paixão até estudos teóricos e muita preparação. Confira alguns aspectos necessários para ser um profissional de sucesso no ramo, que se desenvolve e tem sucesso com as suas ideias:

Ame o que você faz

Amar o que você faz é o primeiro passo para conquistar uma carreira de sucesso, afinal, você precisará de uma motivação diária para correr atrás dos seus objetivos. Logo, se decidir  cursar a graduação de direito, reflita se essa realmente é a sua paixão, o que você gosta de fazer. Pense da mesma forma se optar por seguir no ramo do empreendedorismo.

É amando o que você faz que todos os erros, acertos e percursos se tornarão um insumo para a aprendizagem e para o crescimento pessoal.

Estude um pouco de cada área

A multidisciplinaridade é fundamental para quem deseja obter sucesso na carreira de advogado empreendedor. Dominar apenas os conhecimentos jurídicos não é mais o suficiente: é preciso também absorver outros tipos de saberes. Gestão de empresas, marketing, atração de clientes e vendas são exemplos. Dessa forma, você tornará a experiência do seu cliente mais agradável, já que terá maior criatividade e expertise para propor soluções inovadoras.

Se atente às tendências

Outro aspecto importante para se desenvolver como um advogado empreendedor é estar sempre atento(a) às inovações e descobertas da sociedade, bem como ao contexto em que ela está vivendo. Esteja sempre disposto a estudar as novidades e pensar em formas de incrementá-las ao seu negócio/serviço. Descubra o que agrada seu público e corra atrás das tendências na área, buscando sempre oferecer uma experiência única e revolucionária a ele.

Aprimore a sua inteligência emocional

Um advogado que desenvolve a sua inteligência emocional está mais apto para identificar e compreender as suas emoções e sentimentos. Por consequência, acaba desenvolvendo também maior facilidade para lidar com as sensações dos seus clientes, sabendo interpretá-las. Essa melhor compreensão emocional faz com que as estratégias desenvolvidas para cada cliente sejam únicas, personalizadas e, consequentemente, mais assertivas. Isso contribui para melhorar a experiência do cliente e a conexão com ele.

Teste a sua ideia

Se você tem uma ideia, antes de arriscá-la colocando-a em prática no mercado, é fundamental submetê-la a testes. Por isso, faça pesquisas de aceitação com grupos focais e busque sondar se ela seria bem aceita.

Se planeje

Antes de propor uma solução jurídica ou até mesmo de abrir o seu escritório, é necessário muito planejamento. Comece identificando problemas e propondo soluções. Em seguida, trace metas, objetivos e os caminhos por meio dos quais você os atingirá.

Inclua nos seus planos detalhes como missão, visão e valores do seu negócio/serviço, bem como quem serão seus sócios (caso haja), qual será a sua persona, o seu público, entre outros direcionamentos. Assim você terá embasamento para colocar a sua ideia em prática.

Agora é com você!

Depois de conhecer melhor o perfil de um advogado empreendedor e os aspectos necessários para aprimorá-lo, você já pode começar a sua trajetória de aprendizagem para se tornar um. 

Confira também 5 motivos para cursar Direito

Escrito por Redação Afya

    Banner_InfoEnem

    Categorias

    Veja todos