Redação Afya - out 22, 2020

Nota mínima do Enem para entrar na faculdade: existe? Qual é?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é um sistema de avaliação criado para o ingresso dos estudantes em instituições de Ensino Superior. Existem algumas maneiras de iniciar a sua vida acadêmica usando a nota da sua avaliação. Leia mais e descubra algumas delas!

Como posso ingressar em uma faculdade com a nota do Enem?

Existem muitas formas de ingressar em uma faculdade por meio do Enem. A nota mínima para isso dependerá do caminho pelo qual você escolher seguir: você poderá optar por um programa do governo ou até mesmo por usar a sua nota para substituir o vestibular tradicional, por exemplo. Conheça melhor alguns desses caminhos:

Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 

Criado pelo Ministério da Educação (MEC), esse sistema utiliza as notas obtidas no Enem para o ingresso em faculdades públicas. Para essa forma de admissão, o único requisito é não zerar a redação. Algumas universidades, porém, exigem uma nota mínima em algumas áreas de conhecimento.

Você também precisará alcançar a nota de corte do seu curso, que dependerá de fatores como a graduação escolhida, o turno, a quantidade de vestibulandos disputando as vagas e a modalidade de concorrência (ampla concorrência ou algum tipo de cota).

Programa Universidade para todos (ProUni) 

Esse programa, também do MEC, foi criado com o objetivo de oferecer bolsas em universidades particulares para estudantes com condição financeira reduzida. Elas podem ser oferecidas de forma parcial ou integral, o que dependerá da renda de cada participante. O aluno que requisitar os recursos não poderá ter diploma de curso superior e deverá obedecer aos demais critérios preestabelecidos.

Em um primeiro momento, as oportunidades são abertas apenas para quem fez a prova imediatamente anterior à inscrição no programa. Posteriormente, são abertas vagas remanescentes para os estudantes que realizaram a prova a partir de 2010.

Em relação às notas, entre os requisitos para conseguir a aprovação no programa estão: ter alcançado média igual ou superior a 450 pontos nas provas de conhecimento do ENEM e conquistar um percentual acima de zero na redação. As notas de corte para a entrada nos cursos dependerão, entre outros fatos, da faculdade escolhida.

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)

O FIES foi criado pelo MEC com a finalidade de conceder financiamentos a estudantes para o ingresso em instituições privadas de ensino superior.

Atualmente, os requisitos em relação às notas são os os mesmos do ProUni: alcançar uma média mínima de 450 pontos na prova de conhecimento e não zerar a redação. A renda mínima exigida normalmente é maior que a do programa de bolsas e, as notas de corte por sua vez, costumam ser menores.

Porém, segundo o Portal Quero Bolsa, haverá algumas alterações nesses requisitos. A primeira delas é que o programa não possuirá mais limite máximo de renda a partir do segundo semestre deste ano. Outra alteração é a nota mínima necessária na redação, que passa a ser 400 pontos a partir do primeiro semestre de 2021.

Ao contrário do ProUni, o FIES é um financiamento e o valor desembolsado pelo governo precisa ser pago pelo estudante a partir do final da sua graduação

Substituição aos vestibulares

Algumas das universidades particulares permitem que o estudante opte por não fazer o vestibular tradicional, podendo usar a sua nota no Enem para ingressar na instituição. Nesses casos, as regras do processo são definidas pela própria faculdade. Além disso, a sua aprovação dependerá do curso que você escolher e se sua nota será suficiente para ser aprovado(a) nele.

Não fique ‘’no mínimo’’!

Ainda que depois dessas informações você conclua ser fácil alcançar a nota mínima para os Programas do Governo, por exemplo, é interessante definir metas de estudo que lhe proporcionem as notas mais altas possíveis. Quanto maior a sua nota no Enem, mais possibilidades você terá para ingressar em uma faculdade. Por isso, se atente à algumas dicas rápidas que podem te ajudar nesse desafio:

  1. Refaça provas de anos anteriores do ENEM: essa prática pode te ajudar a habituar-se com o formato e estilo das questões da avaliação;

  2. Leia conteúdos sobre temas atuais: criando esse hábito, você estará pronto(a) para abordagens sobre temas contemporâneos. Além disso, o hábito de leitura favorece o seu repertório cultural, o que é muito bem-vindo para os vestibulandos;

  3. Use um cronômetro ao fazer simulados: isso te ajudará a controlar melhor o seu tempo, evitando que, no dia da prova, ele fuja do seu controle;

  4. Pratique a sua escrita: escrever redações, por exemplo, pode te ajudar a desenvolver a sua capacidade de escrita e argumentação;

  5. Prepare-se: separe um momento para ler as regras sobre a realização da prova. Esse ato evitará que você se surpreenda com algumas exigências ou até mesmo seja desclassificado.

Agora que você já conhece algumas formas de ingressar em uma faculdade usando a nota do ENEM, que tal descobrir dicas sobre Como tirar nota máxima na redação dessa prova?

Escrito por Redação Afya

    Banner_BlogVest (1)