Redação Afya - nov 13, 2020

Medicina Veterinária: conheça o curso e o mercado de trabalho

Assim como os seres humanos, os animais também merecem cuidados especiais. A profissão responsável por isso é a Medicina Veterinária.

A escolha dessa profissão vai além do amor pelos animais: envolve também a relação desses seres vivos com os humanos e com o meio ambiente.

Continue a leitura para descobrir mais sobre essa ocupação e quais as principais funções. 

O que fazem esses profissionais?

Esses profissionais atuam nas mais diversas frentes e interfaces. Além de cuidar da saúde dos animais, também são responsáveis pelo cuidado com a saúde pública e a contenção das zoonoses, doenças transmitidas entre animais e humanos. Os médicos veterinários também dão atenção à relação dos bichos com o meio ambiente.

No dia a dia, esses profissionais podem trabalhar em locais que vão desde fazendas e indústrias de produção de alimentos de origem animal até clínicas particulares. Além disso, também atuam em centros de controles de zoonoses e zoológicos, bem como institutos de pesquisa.

Como posso atuar na área?

A graduação de Medicina Veterinária tem duração de 5 anos. No primeiro momento, os alunos estudam disciplinas mais teóricas e gerais, como Matemática e Bioquímica. Em seguida, os conhecimentos começam a ser aplicados por meio de matérias práticas. Os tipos de formação possíveis para a área são: bacharelado, Tecnólogo, Pós-graduação e técnico.

Para atuar na área, é preciso ter estudado em uma Instituição de Ensino que tenha o curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Com o diploma em mãos, é necessário ainda obter registro do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).

Quais são as especializações?

É muito comum que os graduandos decidam se especializar. Nesse caso, podem escolher caminhos como:

Medicina Veterinária: Da mesma forma como os médicos podem se especializar em diferentes áreas, os médicos veterinários também têm essa opção. Podem escolher complementar a sua formação seguindo ramos como odontologia, dermatologia e oncologia. Anestesiologia e Cardiologia também são exemplos de especializações.

Veterinária Industrial: essa especialização é responsável por acompanhar o processo de fabricação de produtos de origem animal, bem como a produção de itens para uso dos animais.

Medicina Veterinária Ambiental: responsável pela saúde dos animais, essa ocupação é capaz de identificar doenças e atuar na preservação das espécies em seu ambiente natural. Esse profissional também pode exercer o cuidado com animais criados em cativeiro que estão em processo de reabilitação e ida para o meio ambiente.

Controle e Tecnologia para Populações animais: Após se especializar nessa área, o profissional torna-se apto a desenvolver planos de criação e alimentação de rebanhos, bem como técnicas de reprodução e melhorias genéticas.

Como é a rotina deste profissional?

Em agronegócios, é responsável por garantir o respeito aos animais e o bem-estar deles. Enquanto isso, nas clínicas, esse profissional atua lidando com pequenos animais: aplicando vacinas, vermífugos, realizando consultas, exames etc. Nos centros e institutos de pesquisa de tecnologia em produção animal, essa ocupação lida com pesquisas que visam o desenvolvimento de tecnologias para o setor animal, bem como técnicas para a área.

Em indústrias de produtos animais, esses profissionais se ocupam da comercialização de rações e outros produtos direcionados aos bichos, como vitaminas e medicamentos. Já na área da saúde pública, a ocupação trata de cuidados e formas de prevenção de zoonoses. Nesse caso, o trabalho é feito em parceria com a Vigilância Sanitária e ambiental. 

Como é o perfil de quem trabalha na área?

Para atuar na área é preciso ir além de amar os animais. Isso acontece pois você também terá contato com seus donos, por isso, uma das primeiras características importantes no perfil desse profissional é a empatia. Esse traço é fundamental na hora de dar notícias complicadas, explicar diagnósticos e outros momentos delicados.

Além disso, é preciso também ter controle emocional, já que muitos animais chegam em condições difíceis aos consultórios e espaços de trabalho desse profissional. Se você escolher essa profissão, muitas vezes precisará lidar com situações complicadas, como o sacrifício animal.

A capacidade de tomar decisões é outro traço fundamental, uma vez que será preciso analisar as situações e fazer escolhas por meio do uso da razão. Além disso, também é interessante que esse profissional tenha afinidade com a área das Ciências Biológicas, uma vez que ela se mostrará muito presente na rotina da profissão.

O interesse por novos conhecimentos e aprendizagens também é fundamental, facilitando que o profissional se mantenha sempre atualizado e informado sobre as tendências do ramo.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a Medicina Veterinária e as possíveis funções dos seus profissionais, que tal se inscrever agora para o vestibular da São Lucas Ji-Paraná? Acesse! 

 

Escrito por Redação Afya

    Banner_InfoEnem