Redação Afya - jun 22, 2022

5 jeitos infalíveis de ampliar o repertório sociocultural

Independentemente da profissão escolhida, há um conhecimento que é intrínseco a cada pessoa. Trata-se da reunião de experiências, referências e visão de mundo que faz cada um de nós único: o repertório sociocultural. 

A bagagem cultural que reunimos envolve diferentes áreas do saber, como história, filosofia, economia e saúde, além de agregar todas as situações pelas quais passamos, da nossa infância à  fase adulta. Não por acaso, tudo isso é levado em conta na hora da redação do vestibular. É fácil entender o porquê. 

Esse nosso conjunto de saberes é o que nos situa no mundo atual, nos faz entender os desafios contemporâneos e qual nossa opinião sobre eles. Também é o que nos dá argumentos, a base para o que queremos expressar e discutir com outras pessoas. 

Em outras palavras, em uma redação, o repertório sociocultural que reunimos é o que prova que temos consciência sobre o que acontece à nossa volta, qual nossa opinião sobre os temas e como embasamos tudo isso em nossos argumentos. Ele nos ajuda a sustentar a discussão sobre o assunto, fortalece pontos de vista e justifica sua defesa.

É muito comum que as questões dos vestibulares sejam relacionadas aos assuntos mais pertinentes para a sociedade, especialmente na atualidade. É por isso que ter um vasto repertório sociocultural favorece a compreensão do exame e, consequentemente, aumenta as chances de aprovação. 

Pode interessar você: Como adquirir confiança para o vestibular: confira 5 dicas

Claro que ampliar essa bagagem leva tempo, curiosidade, disposição e tudo isso não pode ser absorvido de uma hora para outra. Mas é possível ampliar o repertório nas pausas dos estudos tradicionais, sempre que possível, criando assim uma rotina. 

A seguir, separamos 5 jeitos infalíveis de você aumentar seu repertório de forma rápida e prazerosa:

1 – Assista a documentários, filmes e séries - Maratonar documentários, filmes e séries pode ser uma ótima alternativa para você aproveitar seu momento de descanso e ampliar o repertório ao mesmo tempo. Principalmente se você relacionar os temas das obras ao que pode ser proposto como discussão para a redação do vestibular. 

2 – De livros a jornais, leia bastante  - Além dos jornais tradicionais, é importante manter-se bem informado por outros tipos de conteúdos de sites confiáveis e, claro, sem fake news. Lendo as mesmas informações em lugares diferentes você terá uma maior clareza e independência para formar sua opinião sobre os assuntos. 

3 – Ouça podcasts - Eles são a forma mais rápida e diversificada de se absorver informações dos mais variados temas, graças à liberdade de poder ouvi-los quando e onde quiser, além de oferecerem formatos, temas e fontes (especialistas nos assuntos) diversificados.

4 – Converse com pessoas - É importante conversar com pessoas interessantes, em especial as que discordam de você, justamente para testar seu poder de argumentação e informação. É em conversas assim que você descobre quão por dentro está sobre os assuntos da atualidade. 

5 – Visite exposições, peças de teatro e shows - Nas horas livres de estudo, essas atividades podem te oferecer experiências e pontos de vista sobre temas relevantes, seja por meio de fotografias, pinturas, esculturas, músicas ou outras expressões de arte. 

Sempre que possível, tente aliar a experiência de aproveitar esses tipos de conteúdos e atividades com o pensamento crítico sobre assuntos que podem ser abordados no vestibular.

Alguns dos temas que podem ser levantados neste ano são:

  • Preservação da Amazônia;
  • Copa do Mundo 2022;
  • Eleições Presidenciais;
  • Guerra da Ucrânia;
  • Crise econômica mundial;
  • Trabalho remoto x presencial.

Pode interessar você: Estudar para o vestibular: conheça os 7 principais métodos

Nos últimos anos, a adesão aos podcasts tem sido tanta que separar o que pode ser mais interessante tornou-se uma missão quase impossível. A estimativa é que ao redor do mundo existam hoje mais de 5oo mil podcasts em mais de 100 línguas dos temas mais variados possíveis. 

Para ajudar na sua seleção, separamos 4 podcasts indicados pelo Guia do Estudante que podem lhe ajudar:

TED Talks

Com episódios curtos, de 15 minutos de duração, esses conteúdos reúnem muitas histórias de atualidade, experiência, opinião e inspiração. É também uma ótima maneira de treinar inglês, já que os episódios estão nesse idioma. 

Marca Texto

O “Marca Texto” é um podcast do Guia do Estudante que ajuda a estudar os livros obrigatórios dos vestibulares e aprender mais sobre o contexto social brasileiro e da Língua Portuguesa. O podcast pode ser acompanhado gratuitamente em diversas plataformas.

Presidente da Semana

Produzido pelo jornal Folha de São Paulo, esse podcast conta um pouco sobre o processo da República brasileira, falando um pouco de todos os presidentes que passaram pelo nosso país. 

Medcast

Para quem quer estudar os temas de Medicina, o Medcast é uma boa indicação. Trata-se de um dos podcasts da área mais antigos do Brasil, com conteúdos premiados sobre Educação Médica e sua interface com a tecnologia.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com outros colegas. E se você tem interesse em outros temas sobre estudos, aproveite para navegar em nosso blog.

As inscrições para o Vestibular Afya estão abertas - Conheça nossas Unidades e escolha o curso. 

 

Escrito por Redação Afya

    Assine e mantenha-se informado!

    Receba mensalmente os assuntos mais acessados no nosso Blog.

    banners-05