Redação Afya - out 13, 2020

Estudar em casa: 9 dicas que podem te ajudar a obter bons resultados

De acordo com a 10ª edição do Mapa do Ensino Superior no Brasil 2020, o Ensino à distância no país registrou um aumento total de 145% de matrículas entre 2009 e 2018. Essa realidade intensificou-se ainda mais no ano de 2020 quando, devido ao isolamento social, várias instituições de ensino precisaram se adaptar. 

Como consequência, os estudantes também precisaram se adaptar a esse novo modelo. Ainda que essa pareça ser uma tarefa difícil, está longe de ser impossível. Conheça algumas dicas para que você, aluno, se ajuste e mantenha uma rotina de estudos em casa.

1- Use a tecnologia a seu favor

Em tempos de Educação a distância, a tecnologia tornou-se uma realidade cada vez mais presente na vida dos estudantes. Por isso, esse é o momento de usá-la a seu favor. Conheça algumas formas de fazer isso:

  • Faça anotações no bloco de notas

Você se lembra das anotações no caderno que você provavelmente fazia durante as aulas presenciais? É importante que elas sejam mantidas! Uma vantagem do EAD é usar a ferramenta ‘’bloco de notas’’ do seu computador ou celular (quase todos aparelhos possuem-na). Dessa forma, você pode substituir os escritos manuais por anotações rápidas e práticas.

  • Conecte-se com os colegas de turma

Crie grupos e chats online com seus colegas de turma. Assim, vocês poderão discutir sobre prazos de entrega, compartilhar referências, trocar experiências e dividir informações construtivas. Além disso, haverá maior integração entre os membros da classe, fator muitas vezes prejudicado pela distância física.

  • Use aplicativos que o auxiliem no estudo

O avanço da tecnologia possibilitou o surgimento de vários aplicativos que podem auxiliar no momento de estudo, tanto na organização quando na absorção de conteúdos. O Trello e o Google Agenda, por exemplo, podem te apoiar na separação de tarefas e divisão do tempo. Com o Duolingo, por sua vez, você é capaz de aprender novos idiomas ou praticar os que você já tem algum domínio.

2- Faça um cronograma de organização

A flexibilidade de estudar em casa pode se tornar uma aliada se você organizar a sua rotina de estudos. Procure reservar um tempo não apenas para as aulas - sejam elas síncronas ou assíncronas - mas também para os estudos autônomos. Além disso, separe um tempo para momentos essenciais como: alimentação, lazer, sono e higiene pessoal. O hábito de se programar para suas tarefas poderá evitar males como a procrastinação e a desorganização.

Se preciso, imprima cronogramas e deixe-os em lugares visíveis. 

3- Seja participativo

Participe de fóruns de discussão, mande mensagens aos professores tirando dúvidas e estude todas os insumos disponibilizadas por eles. Isso te ajudará a absorver melhor o conteúdo e a praticá-lo. 

4- Faça resumos e exercícios

Se realizados de forma produtiva, esses mecanismos podem auxiliar na absorção do conteúdo, te preparando para exercícios avaliativos. Além disso, podem ser usados não apenas para a fixação do conteúdo no momento de realização, mas também para estudos posteriores, servindo como materiais.

5- Faça pausas

Realizar pausas é uma estratégia importante para o descanso não apenas mental, mas também físico. Segundo o site TecMundo, é recomendado, para quem fica por longos períodos na frente de um monitor, fazer pausas a cada meia hora para descansar os olhos.

Além disso, fazer esses intervalos é uma forma de descansar também o seu cérebro, preparando-se para retornar com mais concentração às suas atividades.

6- Escolha um ambiente adequado

Já que você passará uma quantidade relevante de tempo conectado em um dispositivo, é essencial escolher um ambiente que estimule a sua concentração. Locais calmos, bem iluminados, arejados e confortáveis são boas opções. Mas lembre-se: nada de estudar deitado(a) na cama ou no sofá! Essas posições podem dificultar a sua busca por atenção.

Além disso, é importante que o local escolhido por você se torne um ambiente fixo de estudo. Dessa forma, seu cérebro entenderá com maior facilidade que, quando você estiver ali, o momento é de concentração e dedicação.


7- Tenha cuidado com as distrações

Lembre-se de que, com exceção de emergências, durante a realização da aula, o seu notebook, telefone ou recurso eletrônico deve ser usado exclusivamente para fins acadêmicos. Feche aplicativos ou sites que possam te distrair do seu foco principal naquele momento: prestar atenção na aula ou no estudo.

8- Crie metas

Criar metas funciona, para muitos, como uma forma de motivação. Por isso, se você está sofrendo com a ausência de um incentivo, talvez essa seja a solução ideal.

Crie metas e propósitos. Eles podem ser simples: terminar um capítulo de leitura, fazer determinada quantidade de exercícios ou assistir a uma videoaula. Ao cumpri-los, se dê prêmios, seja por meio de um momento de descanso ou uma forma de lazer. O importante é entender que cada meta cumprida é uma vitória. Dessa forma, você se sentirá mais instigado e provavelmente será mais produtivo durante os dias de estudo.

9- Mantenha hábitos saudáveis

Assim com as aulas presenciais, a importância de cultivar hábitos saudáveis mantém-se com o Ensino a distância. Dormir de 7 a 8 horas por dia e alimentar-se de forma equilibrada são exemplos de práticas que irão te fornecer a energia que você precisa para os estudos.

Além disso, praticar exercícios físicos e atividades relaxantes, como Yoga e meditação, também pode ajudar na manutenção de uma vida mais saudável e, consequentemente, uma disposição maior para os estudos.

Agora que você já sabe que manter a concentração e o rendimento dos seus estudos em casa, que tal conferir outras orientações? Conheça 4 dicas de organização para você estudar melhor! 

Escrito por Redação Afya

    Banner_BlogVest (1)