Redação Afya - mar 21, 2022

Curso de engenharia de computação: como é e quais as oportunidades?

O que faz um engenheiro de computação? Como é o mercado de trabalho? Qual a grade curricular do curso de graduação? Estas são perguntas muito comuns entre quem está decidindo qual carreira seguir, já que o curso de engenharia de computação é uma área bem recente, mas que tem crescido muito.

Os primeiros cursos de engenharia de computação surgiram no final da década de 1990. Mas os avanços tecnológicos e a inovação têm impulsionado esta especialidade da engenharia.

Segundo estudos da McKinsey Global Institute, o processo de automação e a inteligência artificial devem impactar significativamente o mercado até 2030, abrindo novos postos de trabalho principalmente para profissionais da área de tecnologia.

Por isso, se você se identifica com números e tecnologia, este curso pode ser para você. Entenda tudo sobre engenharia de computação a seguir.

Leia também: 4 profissões para quem quer trabalhar de casa

Qual a grade curricular de engenharia de computação?

De acordo com o Committe for Computing Education in Community Colleges, a engenharia de computação tem sido tradicionalmente vista como uma combinação de ciência da computação e engenharia elétrica.

Dessa forma, a engenharia da computação é fundamentada nas teorias e nos princípios da computação, matemática, ciência e engenharia, e aplica essas teorias e princípios para resolver problemas técnicos por meio do design de hardware, software, redes e processos de computação.

É importante frisar que a matemática e a ciência têm um papel muito importante nas atividades acadêmicas do estudante de engenharia de computação. Mas este é um curso multidisciplinar. De modo geral, ele inclui conteúdos como:

  •         Eletricidade;
  •         Circuitos Elétricos;
  •         Circuitos Lógicos;
  •         Conversão de Energia;
  •         Eletromagnetismo;
  •         Eletrônica Analógica e Digital;
  •         Eletrônica Aplicada;
  •         Linguagens de Programação;
  •         Redes de Computadores;
  •         Banco de Dados;
  •         Cálculo.

O Ministério da Educação (MEC) estabelece diretrizes sobre quanto tempo dura o curso de engenharia de computação e é obrigatório que a graduação tenha pelo menos 3.200 horas totais. A duração média é de 5 anos.

A experiência de laboratório de engenharia é outra parte essencial do currículo de engenharia da computação. Assim sendo, é importante que os estudantes deste curso tenham muitas oportunidades para observar, explorar e manipular características e comportamentos de dispositivos, sistemas e processos reais.

Leia também: Dúvidas sobre como escolher a profissão?

Perfil do estudante

Em geral, é comum que o perfil do estudante de engenharia de computação seja similar ao de outros cursos de engenharia. É recomendado que tenha afinidade com áreas como física, matemática e computação.

Como é o mercado de trabalho para quem faz o curso de engenharia de computação?

As possibilidades de atuação do engenheiro de computação são diversas. Quem faz este curso pode trabalhar na maioria dos setores, incluindo informática, aeroespacial, telecomunicações, redes e eletrônicos. Hoje, o setor industrial principalmente busca muitos profissionais formados em engenharia de computação. Dessa forma, as áreas de atuação mais comuns deste profissional são:

  •         Indústrias;
  •         Setor de tecnologia;
  •         Fábricas de software;
  •         Consultoria tecnológica;
  •         Gerenciamento de projetos;
  •         Empreendedorismo;
  •         Área academia com pesquisas ou docência.

Leia também: Guia de profissão: o que faz um profissional de Sistemas de Informação?

Como é a rotina do engenheiro de computação?

Nesta carreira, é difícil que o trabalho tenha uma rotina muito bem estabelecida, pois a cada projeto, há novos desafios, portanto, é algo bem dinâmico. O principal desafio é n, pois a tecnologia muda e avança diariamente.

Alguns exemplos do que um engenheiro de computação pode fazer é projetar, desenvolver e implementar equipamentos e dispositivos computacionais e sistemas que integram hardware e software. Além disso, este profissional produz novas máquinas e equipamentos computacionais, desenvolve produtos na área de telecomunicações e executa e fiscaliza obras e serviços técnicos.

Ficou interessado em cursar engenharia de computação? Conheça o curso da UNIFIPMoc, do grupo Afya.

Escrito por Redação Afya

    Assine e mantenha-se informado!

    Receba mensalmente os assuntos mais acessados no nosso Blog.

    banners-05