Redação Afya - jan 4, 2022

Dica Cultural AFYA: filmes e livros para aproveitar nas férias

Em dezembro, a equipe AFYA liderou uma campanha cujo intuito era fazer das suas férias um momento de renovação e de ócio criativo. Com a ajuda de algumas de nossas instituições, reunimos dicas bacanas com temática livre para tornar suas férias mais divertidas. Abaixo estão os filmes e livros que você precisa conferir agora em janeiro.

Eu sou o mensageiro

 Esse livro é a dica da Sabrina Fonseca, assistente de comunicação da UNIVAÇO. E se você não foi fisgado logo de cara pelo nome da obra, saiba que a história foi escrita pelo mesmo autor do best seller A Menina que Roubava Livros.

Dessa vez, Markus Zusak conta a história de Ed Kennedy, um homem que leva uma vida bem comum. Ele trabalha, joga cartas com os amigos, tem uma paixão não correspondida e um relacionamento complicado com a mãe. Sua rotina segue tranquila até que Ed vira notícia ao impedir um assalto a banco.

A partir daí, Ed passa a ser bombardeado por cartas de diversos lugares, informando-o sobre a triste realidade de pessoas desconhecidas às quais esperam que ele possa salvar. Por meio de uma escrita simples e de fácil compreensão, você será completamente envolvido pelos acontecimentos da história que, apesar de conter dramas profundos, também eleva nosso espírito por meio do humor.

O Físico

 Um mundo em que médicos e hospitais não existem, e no qual apenas curandeiros denominados ‘barbeiros’ podem ajudar pessoas em aflição. Parece até enredo de filme distópico sobre um futuro pós-apocalíptico, não é mesmo? Mas, na verdade, O Físico (2003) retrata uma época tenebrosa pela qual a humanidade realmente passou: a Idade Média.

Foi a Carolina Whitaker, coordenadora acadêmica da FESAR, que indicou este filme a vocês e nós viemos realçar alguns pontos da obra. Ambientado no continente europeu durante o século XI, o enredo conta a história de um jovem, Rob Cole, em busca dos conhecimentos predecessores da Medicina em diferentes sociedades fortemente teocráticas.

Antes, porém, nós somos apresentados à motivação que levou Rob a iniciar tal jornada. Ainda quando era um menino, trabalhando em uma mina de carvão, Rob vê não só a mãe falecer após enfrentar muitas dores, mas também a rejeição de um curandeiro pelos líderes religiosos de sua vila. Se você gosta de filmes que antagonizam ciência e religião, não deixe de colocar O Físico em sua lista para assistir nas férias.

Patch Adams: O Amor é Contagioso & Sob Pressão

Não conformidade, humanização do tratamento e cuidado para além das dores físicas. Estes são os valores que você aprenderá ao assistir Patch Adams: O Amor é Contagioso (1998). Quem indicou este filme baseado em fatos reais foi o Adriano Alves, aluno do 6º período de Medicina da Unigranrio, e aqui vai um breve resumo da história para te convencer a assisti-lo.

Devido a uma tentativa de suicídio, Hunter Adams se interna em uma clínica psiquiátrica, onde é negligenciado pelos profissionais que deveriam orientá-lo a recuperar-se para retornar à vida em sociedade. Após certo tempo, Adams passa a encarar sua convivência com os demais pacientes de outra forma e assim descobre o seu verdadeiro propósito: ajudar as pessoas.

Esse acontecimento nos leva à segunda fase da história, dois anos mais tarde, quando Hunter já é um estudante de Medicina. Ao deparar-se com uma estrutura rígida, que ensina a Medicina como método para evitar a morte e não necessariamente melhorar a qualidade de vida das pessoas, Hunter decide enfrentar o status quo.

Sob Pressão (2016) foi a outra dica do Adriano. Este longa-metragem nacional traz os desafios da realidade da Saúde no Brasil sob o crivo da ética médica. Quando uma criança um traficante ou um policial militar, que foram feridos durante um mesmo tiroteio chegam ao hospital, os profissionais precisam escolher quem será salvo.

Além da profissão

Há muito tempo, a humanidade aderiu em massa à convenção de responder à pergunta ‘O que você é?’ com o que deveria ser a resposta de ‘O que você faz para sobreviver?’. Antes de qualquer profissão, os seres humanos são seres sociais, dotados de cultura, emoções e valores que norteiam suas vidas.

Nesse sentido, fica claro que a profissão escolhida faz parte deste conjunto, sendo inclusive muito importante pelo simples fato de que você provavelmente a exercerá todos os dias por um longo período de tempo. Porém, é essencial não limitar o que se é à sua função laboral.

Filmes, séries e filmes são frutos artísticos e, portanto, fazem parte da natureza de quem nós somos. Além disso, estes produtos culturais podem nos ensinar a sermos melhores profissionais a partir da experiência real ou fictícia de personagens.

É claro que você ainda está duvidando e isso é compreensível. Afinal, na prática, assistindo a Patch Adams: O Amor É Contagioso você teria absorvido essa ideia melhor do que lendo estes três últimos parágrafos.

Então, vá adiante e experimente. Aproveitar as suas férias para desenvolver habilidades e adquirir conhecimentos que não são ensinados em sala de aula enquanto se diverte ou se está apenas descansando pode transformar sua vida acadêmica que, em breve, estará de volta.

Para mais dicas culturais, veja nossas listas de obras sobre Autocuidado e sobre Representatividade Negra.

Escrito por Redação Afya

    Assine e mantenha-se informado!

    Receba mensalmente os assuntos mais acessados no nosso Blog.

    banners-05