Pedro Ramos - mar 17, 2020

Como fazer estágio em Medicina

A formação em Medicina é composta pela união da teoria com a prática, representada pelos estágios — obrigatórios ou não -, nos quais os estudantes têm a oportunidade de  acompanhar professores e médicos em sua atividades diárias. O cenário das práticas é o mais variado possível e abrange inúmeros campos de trabalho, como unidades básicas de saúde, hospitais, visitas domiciliares e pronto atendimento.

Tais experiências proporcionam ao aluno aprendizagem e conhecimento sobre a atuação de cada um desses segmentos profissionais. Contudo, sabemos que conseguir um estágio não é tarefa fácil, e foi por isso que elaboramos o artigo de hoje. Continue acompanhando e confira as dicas que preparamos para você!

Dicas de como conseguir um estágio em Medicina

Estabeleça seu foco

Procure oportunidades em áreas da Medicina que você demonstra interesse ou já possui certa aptidão; setores que se encaixam em seu perfil. Além disso, é fundamental focar em instituições de referência, bem conhecidas e conceituadas no mercado de trabalho.

Fortaleça seu currículo

Busque enriquecer seu currículo desde o início da graduação com experiências pessoais, trabalhos extracurriculares, atividades científicas, projetos de extensão universitária etc. Participe de palestras, eventos médicos e acadêmicos, simpósios, seja como ouvinte ou palestrante. Qualquer atividade de destaque do gênero vai lhe ajudar a ganhar mais  experiência e, possivelmente, conseguir a vaga desejada.

Destaque seus pontos positivos

Outro fator que favorece bastante na hora de conseguir um estágio é reconhecer suas fraquezas e seu pontos fortes, bem como tentar melhorar seu desempenho. Comece revendo sua comunicação verbal e escrita, a fim de causar uma boa impressão nos contatos iniciais. Flexibilidade, bom relacionamento interpessoal e conhecimento técnico também são competências valorizadas pelos contratantes.

Exemplos de possíveis áreas de especialização

Além das dificuldades em se conseguir um estágio, há o desafio de escolher uma especialização. Então, separamos algumas áreas de atuação mais desejadas para que você possa conhecê-las e, quem sabe, seguir carreira em alguma delas após a conclusão do curso de Medicina em uma instituição conceituada, a exemplo do Itpac de Porto Nacional em Tocantins.

Cardiologia

A Cardiologia é o segmento da Medicina que cuida de doenças que afetam o coração e o sistema circulatório, identificando as causas e oferecendo o tratamento adequado. Para se tornar um cardiologista é preciso, antes, se especializar em Clínica Médica, que dura cerca de 2 anos. Somente após sua finalização que é permitido fazer a residência em Cardiologia.

Ginecologia

O especialista em Ginecologia e Obstetrícia é responsável por cuidar da saúde das mulheres, desde o nascimento até a idade madura. Seu campo de atuação engloba a prevenção, diagnóstico e tratamento, além de poder realizar partos e outros procedimentos que envolvem a gestação. 

Sua residência dura cerca de 3 anos e, após concluída, o profissional deve fazer um exame, aplicado pela Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia).

Anestesiologia

Profissional focado em conduzir procedimentos anestésicos e responsável por acompanhar o paciente no pós-operatório. Sua função é cuidar para que o procedimento anestésico-cirúrgico ocorra da maneira mais segura possível. 

Sua residência também dura 3 anos e, após finalizada, é necessário realizar uma prova aplicada pela SBA (Sociedade Brasileira de Anestesiologia) e obter o TEA (Título de Especialista em Anestesiologia).

Com todas as dicas que citamos aqui, a tarefa de conseguir um estágio e escolher a área de especialização após o curso de medicina, certamente, ficará menos complicada. Feito isso, invista em capacitações para estar ainda mais preparado para  o mercado de trabalho.

O Grupo Afya conta com uma grande diversidade de universidades que oferecem a melhor educação médica do país! Você pode escolher estudar Medicina em uma das unidades presentes em Tocantins, Bahia, Piauí, Minas Gerais e Paraná, sendo elas:

Gostou deste artigo? Então, acesse o nosso site e veja como podemos lhe ajudar a se tornar um profissional da medicina!

Visite nosso site!

Escrito por Pedro Ramos