Pedro Ramos - mar 27, 2020

Aprenda a fazer um currículo perfeito ainda na sua graduação

Você sabia que mesmo durante a graduação é possível ingressar na sua área de formação? Desde os primeiros períodos o estudante já pode começar a construir sua carreira e investir naquelas atividades que mais combinam com seu perfil por meio do programa de estágios da sua faculdade ou de empresas que abrem processos de seleção.

Quanto antes você começa, mais experiência adquire e mais fácil é sua entrada definitiva no mercado de trabalho. Quem deixa para se preocupar com isso apenas após a formatura pode enfrentar dificuldades e não atingir os requisitos para conquistar cargos mais disputados.

Para começar com o pé direito, a primeira coisa que você precisa fazer é construir um currículo adequado, que vai te colocar à frente de outros candidatos. Quer entender o que você precisa fazer? Continue a leitura!

Dados para contato

A primeira parte do currículo é o local no qual vão suas informações pessoais, como nome, idade e dados para contato. Ao preencher esse espaço, lembre-se de colocar o número do seu celular, algum e-mail e o seu LinkedIn — e lembre-se de deixar o LinkedIn sempre atualizado.

Objetivo profissional

O objetivo profissional vem logo depois dos dados para contato. É ali que você precisa informar o motivo de enviar o currículo para a empresa. Se a ideia é concorrer a uma vaga de auxiliar administrativo, coloque como objetivo: “auxiliar administrativo”. Caso queira mais oportunidades dentro da mesma empresa, algo mais genérico também pode ser interessante, como: “atuação na área administrativa”, por exemplo.

Formação

Na formação só é preciso colocar os cursos superiores que você fez, com a data de início e formatura, bem como a Instituição de Ensino que emitiu seu diploma. Como você já está cursando uma faculdade, não é interessante falar sobre sua formação no Ensino Médio — ao colocar “Ensino Superior Incompleto” e o ano previsto da formação o recrutador já entende que você tem o 2° grau completo.

Experiências profissionais

Nessa área é preciso colocar apenas os trabalhos que tem algo a acrescentar em sua carreira, mesmo que não tenham sido com carteira assinada, como aquelas vezes que seus pais precisaram de ajuda na loja, por exemplo.

Ao citar cada trabalho, coloque suas obrigações e as principais coisas que aprendeu com aquela função.

Informações complementares

Nesse campo você pode falar alguns diferenciais que não se encaixam em outras áreas do currículo. É aqui, por exemplo, que é informado o seu nível de algum idioma (mas só se você realmente dominar a língua).

O mais importante das informações complementares é que esse também é um espaço para falar das suas realizações (organização de eventos, palestras, monitorias) e cursos sem nível específico (oratória, etiqueta, resolução de conflitos, atendimento ao cliente etc).

Exemplo de currículo

Para ficar mais claro, vamos deixar aqui um modelo e um exemplo do currículo que você poderia fazer para enviar a uma vaga que chame sua atenção. Ficaria mais ou menos assim:

  • NOME
  • Naturalidade, Estado Civil, Idade
  • Local de residência (opcional, mas interessante de colocar dependendo da vaga)
  • LinkedIn
  • E-mail
  • Telefone
  • Objetivo profissional
  • Formação
  • Experiências
  • Informações complementares (certificações, participação em eventos, idioma etc.).

Usando essas informações, na prática um currículo para disputar uma vaga na área de gestão de pessoas seria assim (lembrando que as informações que usaremos são fictícias):

JOSÉ NETO DA SILVA

Brasileiro, Solteiro, 22 anos

Liberdade - SP

/in/jose-neto-silva

joseneto@gmail.com

(11) 99797-2827

Objetivo: Atuação na área de gestão de pessoas

Formação: 2023 — Administração de Empresas pela Afya

Experiências:

Auxliar Administrativo na Papelaria das Folhas — Abr/2018 - Jan/2019

Principais responsabilidades:

- Registro de ponto de colaboradores

- Acompanhamento de execução de atividades operacionais

- Produção e emissão de relatórios de desempenho

- Suporte aos gestores na gestão de equipes

- Comunicação interna

Informações complementares:

- Inglês avançado

- INSTITUIÇÃO DE ENSINO 01: Curso compacto de Gestão de Pessoas

- INSTITUIÇÃO DE ENSINO 02: Especialista em análise de liderança

- Organizador e palestrante do evento Jovens Líderes da Universidade da Pompeia

- Convidado pela Garoto Experience para participar da Vivência de Liderança

Esse modelo mostra, de forma sucinta, como deveria ser feito um currículo. Na área de experiências e de informações complementares é interessante adicionar mais alguns dados, mas só se eles tiverem alguma relação com a vaga. Entretanto, lembre-se da regra de ouro dos currículos: não devemos fazer o documento maior do que uma folha.

Que tal aproveitar esse conhecimento sobre produção de currículos para investir em você? Então, baixe nosso roteiro do graduando: entenda como se aprimorar para o mercado de trabalho durante a faculdade.

Baixe gratuitamente o e-book 'Roteiro de organização de estudos'

Escrito por Pedro Ramos